Leia o artigo “O debate nas eleições 2012”, da vereadora Tatiana Lemos, em “O Popular”

 

 

 

Artigo da vereadora Tatiana Lemos (PCdoB) sobre o debate nas eleições 2012 foi publicado no jornal ‘O Popular’ desta sexta-feira, 27. Ela apresenta dados levantados pelo recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) e analisa o perfil do eleitorado da capital e o debate que deverá pautar a campanha deste ano. Confira.

 

 

Tatiana Lemos

O debate nas eleições 2012

Tatiana Lemos 27 de abril de 2012 (sexta-feira)

O POPULAR publicou, no dia17, dados referentes ao novo perfil do eleitorado goianiense, a partir do recadastramento biométrico feito pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO). As informações nos levam a algumas reflexões sobre o processo eleitoral próximo. Com relação à faixa etária, quase 47% dos 959.489 eleitores têm entre 25 e 44 anos; outros 30% estão entre 45 e 69; pouco menos de 17% são jovens de até 24 anos; e aproximadamente 6% têm mais de 70 anos. Em relação ao grau de instrução, o mais relevante é que a proporção de votantes com curso superior completo mais que dobrou em apenas um ano, passando de 6,7% em março de 2011 para 17,57%. As mulheres representam 53,8% do total do eleitorado da capital.

Ainda há possibilidade de transferência de títulos eleitorais tanto de Goiânia para o interior quanto vice-versa, mas os números já representam um esboço do quadro com o qual terão de lidar os candidatos às eleições de 2012.

Infelizmente, com a grande demora em se aprovar, no Congresso Nacional, uma reforma política, ainda não teremos um processo no qual o centro seja o debate de ideias e de projetos. Goiânia também perderá em qualidade de discursos num ano em que pipocam denúncias de envolvimento de setores da política local com a máfia dos jogos, desmantelada pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Para decepção da população, grande parte dos postulantes a cargos públicos pautará suas campanhas em ataques e defesas pessoais, em detrimento de propostas para a cidade.

No entanto, o grau de instrução crescente do eleitorado mantém a esperança de vermos imperar a responsabilidade dos cidadãos ao votar de forma consciente. A faixa de eleitores que têm entre o ensino médio e o ensino superior completos ultrapassa os 55%. Embora se possa alegar que a qualidade do ensino ainda peca em formar pessoas de fato comprometidas com a vida política e o bem-estar social, não há como negar que houve avanço, e que isso se refletirá nas urnas.

O quadro está longe do ideal, mas os políticos que têm compromisso com uma prática que busque construir uma nova realidade, alheia aos currais eleitorais e à compra de votos, devem se pautar por um embate qualificado de ideias.

Outro ponto é a presença da mulher nos espaços de poder. É inacreditável que uma cidade na qual mais da metade dos votantes é do sexo feminino conte com apenas quatro vereadoras em exercício (as colegas Cidinha Siqueira, Cida Garcês, Célia Valadão e eu) entre os 35 parlamentares. Na Assembleia Legislativa é mais grave: entre os 41 legisladores, há apenas as deputadas Isaura Lemos e Sônia Chaves. Goiânia, em seus quase 80 anos de história, nunca teve uma prefeita! No momento em que o Brasil é governado pela primeira vez por uma mulher, as goianienses merecem ampliar também sua presença na representação política.

 

Tatiana Lemos é vereadora por Goiânia pelo PCdoB

Autor:
Data: abril 27th, 2012
Assunto:
Você pode deixar um comentário, ou links de volta a partir do seu website.
Visite também
ÁLBUM COMPLETO >>Últimas Fotos
© Vereadora Tatiana Lemos - 2016